Indústrias, Legislação

Como a preservação de matas ciliares pode trazer benefícios para indústrias

outubro 30, 2018
como a preservação de matas ciliares pode trazer benefícios para industrias
Tempo de leitura 6 min

Ficar atento às leis ambientais é uma função fundamental da gestão ambiental, não apenas por obrigação, mas pela responsabilidade de cuidar e fazer o melhor para com o meio ambiente e comunidades próximas. Uma das áreas que merecem destaque está descrita no Código Florestal Federal, e diz respeito à preservação da vegetação nativa de territórios de proteção ambiental, visando a máxima redução ou reverter o impacto humano dessas regiões.

A preservação de matas ciliares — também conhecidas como de várzeas, de galeria, vegetação ou floresta ripária —, é determinada pelo código florestal. Sua importância é enorme, pois garante a proteção dos cursos d’água, de onde provém o abastecimento das cidades e existe vida aquática.

Pensando nisso, preparamos este conteúdo, onde você pode conferir mais informações sobre as matas ciliares e descobrir como as empresas e indústrias se beneficiam junto com o meio ambiente ao respeitar as legislações vigentes. Então, continue com a leitura e acompanhe o material até o fim.

O que são e qual a importância das matas ciliares

As matas ciliares são uma cobertura vegetal nativa que protege as margens de rios, lagos, igarapés, nascentes e represas. Assim como os cílios dos nossos olhos, elas são extremamente importantes para a proteção e preservação desses fluxos d’água, e por isso, recebem esse nome.

A vegetação da mata ciliar cobre e protege o solo, deixando-o fofo, funcionando como uma espécie de esponja que absorve as chuvas, evitando as enxurradas e regulando o ciclo da água.

Com suas raízes diferenciadas, a vegetação da mata ciliar protege os rios da erosão e assoreamento, reduzindo o acúmulo de areia, terra e detritos em geral durante as enchentes. Isso impede a entrada de poluentes e mantém a qualidade da vida aquática e da água para consumo humano.

Os assoreamentos causados por sua degradação comprometem a capacidade de armazenamento de reservatórios, pois o solo não consegue absorver a água da chuva nos lençóis freáticos sem a ajuda da vegetação. Consequentemente, o volume dos rios e represas é reduzido, prejudicando o abastecimento de água na região.

As matas ciliares também permitem o fluxo entre espécies de fauna e flora de biomas diferentes, garantindo a biodiversidade dessas áreas. Além disso, sua degradação acarreta o surgimento de pragas e doenças em lavouras próximas.

A importância das matas ciliares é reconhecida pelo Código Florestal Federal, sendo consideradas “áreas de preservação permanente”, configurando crime ambiental o seu desmatamento. A área a ser preservada é calculada de acordo com a extensão do fluxo de água — as regras estão detalhadas no código.

Sendo assim, é responsabilidade de empresas e indústrias próximas a matas ciliares, a implantação de ações sustentáveis que visem a proteção e a preservação dessas áreas, a fim de afetar o mínimo possível a existência dessas regiões tão importantes para a manutenção do ecossistema.

Como contribuir para a conservação e preservação de matas ciliares

Os recursos hídricos devem ser conservados e preservados de modo a garantir a sobrevivência de espécies de fauna e flora da região degradada e evitar o assoreamento de rios que afetam a qualidade da água e a vida aquática.

É de fundamental importância ter iniciativas que visem evitar os problemas supracitados por parte dos empreendimentos que fazem parte dessas áreas de preservação de matas ciliares. O código florestal vigente garante apoio técnico e incentivos financeiros por parte do poder público a empreendimentos com responsabilidade ambiental

Confira, a seguir, 7 medidas para garantir conservação e preservação de matas ciliares que toda empresa precisa conhecer e adotar:

  1. No caso de reposição florestal, prioriza-se o plantio de espécies características do bioma afetado.
  2. Revestir o solo da mata ciliar com palha mato ou ceifa do mato, a fim de amortecer a queda da água da chuva e diminuir o desprendimento e salpicamento de partículas e organismos do solo.
  3. Outra prática para diminuir a erosão é o deslocamento de massas de solo de forma a obter barreiras físicas que reduzirão a velocidade das enxurradas.
  4. Não despejar lixos e rejeitos nas margens nem nos próprios fluxos d’água.
  5. Reutilizar água da chuva.
  6. As nascentes merecem atenção especial, pois são muito importantes por ser de onde a água armazenada nos lençóis freáticos encontra a superfície do solo.

Como o investimento contribui para a economia de energia

Como foi dito, a degradação de matas ciliares afeta a reserva de água nos lençóis freáticos por causa da baixa absorção do solo e a alteração no ciclo da água reduzindo a quantidade de chuvas e, consequentemente, o volume de água nos rios, represas, etc.

Essas consequências impactam a produção energética do país, visto que 80% da eletricidade gerada no Brasil vem de hidrelétricas e os seus reservatórios são prejudicados pela degradação de matas ciliares, como já mencionamos.

Quando os reservatórios das usinas estão abaixo do nível adequado, a produção de energia elétrica é prejudicada e aumenta os riscos de apagão. Por essa causa, as termelétricas são acionadas como forma de precaução, encarecendo as contas de luz devido as tarifas que são cobradas para cobrir o alto custo dessa forma de geração de energia.

Ou seja, os investimentos para preservação de matas ciliares reduzem as chances de gastar muito mais dinheiro na conta de luz no caso de secas, tanto os consumidores médios quanto as indústrias, que usam muito mais energia em seus processos.

Como vimos, a preservação das matas ciliares beneficia o meio ambiente e a vida de quem investe nisso, como no caso das empresas e indústrias.

É de fundamental importância que a gestão ambiental de empresas e indústrias estejam atentos às formas de preservação de matas ciliares no entorno onde atua, de forma a não provocar os problemas ambientais e de abastecimento citados anteriormente.

Sendo assim, cabe as empresas cumprir suas responsabilidades para com essas partes envolvidas, de forma que fique em dia com a lei e o bem-estar de todos.

Gostou do post e gostaria que mais pessoas saibam sobre o assunto? Então, compartilhe esse post em suas redes sociais e faça com que mais pessoas saibam da importância e os benefícios da preservação de matas ciliares!

Você também pode gostar

Sem comentários

Deixe um comentário

Scroll Up